quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Astros e bruxos

Como se não me bastassem os panfletos dos profs. Zinga, Jambo, Bambú, e outros que tais, que me aparecem no para-brisas do carro, agora também me caem anúncios de astrólogos no feed de notícias do facebook.
Irra.

domingo, 20 de Julho de 2014

Passeio de domingo (204)


Embora o mar estivesse ali bem perto, o passeio foi no campo. Depois de um almoço demorado, houve ainda tempo para explorar as imediações da casa dos tios, com passagem pela horta onde crescem melões, abóboras e muito mais.








quarta-feira, 16 de Julho de 2014

Anónimos

Os comentários anónimos de spam são uma praga. Ultimamente vejo diariamente a minha caixa de correio pejada de anónimos. Vale-me que, ao menos, o filtro de spam do blogger parece funcionar e raros são os que acabam por aparecer nos posts. Ainda assim canso os dedos com clicar na tecla do caixotinho de lixo que os elimina do mail.

Porém, há pouco, um desses comentários teve o condão e me levar de volta a um post de há dois anos de que já não me lembrava. Lendo-lhe o título não conseguia recordar o que teria escrito a propósito. Segui-lhe o link e enterneci-me com um pequeno relato de memórias de infância.
 

Concluí que a minha memória vai de mal a pior. Até precisa de spam para se revelar.

quinta-feira, 10 de Julho de 2014

Luar


Volta e meia, a lua.
A lua que volta
A cada ciclo, a lua
Que cresce e chega
Um fim da tarde,
Esplendorosa.
A lua, volta e meia
Como um íman
Para o meu olhar.
Volta e meia é ela
Que volta, noite dentro,
Misteriosa, sorridente.

Volta e meia, há luar.

domingo, 6 de Julho de 2014

Passeio de domingo (202)


Hoje não há praia para ninguém e à falta de sol procurei-lhe a cor nos tons dourados das flores secas. É o que se consegue arranjar.








segunda-feira, 30 de Junho de 2014

Semáforo

Quase sempre apanho aquele semáforo no vermelho. Poderia considerar a forçada e breve paragem a que ele me obriga, no caminho para o trabalho, como uma contrariedade. Mas não. Bem pelo contrário. Por estes dias dou por mim quase a desejar que o semáforo passe ao vermelho. E o que me convém mesmo é que, antes de mim, outro condutor tenha que parar. Sim. O segundo lugar da fila é que me dá jeito. É que assim, fico mesmo junto ao mupi publicitário que ali se encontra e isso deixa-me satisfeita. Parada nesse estratégico lugar da fila do semáforo, tenho a certeza de que, de dentro do mupi, no reclamo do perfume da Mont Blanc, o modelo só pode estar a olhar para mim.



quinta-feira, 26 de Junho de 2014

Ideal de beleza

A jornalista e blogger Esther Honig tem em curso uma experiência curiosa. Considerando que o Photoshop simboliza hoje em dia a busca de uma perfeição inatingível, decidiu contactar especialistas e amadores no tratamento da imagem, em vários países, e pedir-lhes que a “fizessem bonita”. Os resultados obtidos até agora mostram como o ideal de beleza difere bastante de criador para criador e de cultura para cultura.

Interessante.


domingo, 22 de Junho de 2014

Passeio de domingo (200)


Logo pela manhã, o passeio ainda começou com uns borrifos de chuva mas o sol acabou por espreitar brincando às escondidas com as nuvens. Tudo na praia do Garrão, junto à lagoa das Dunas Douradas.








sábado, 21 de Junho de 2014

Verão


O verão chegou enfezadinho. Parece envergonhado. Esconde-se atrás das nuvens e deixa-se cair com o vento. Ainda pensei desafiá-lo a mostrar-se um pouco mais e a marcarmos encontro na praia mas desisti. Se calhar anda desanimado. Ou esquecido de como se deve comportar nesta ocasião. Vou esperar que ele fique mais atrevido.  Mais espevitado. Ou simplesmente que recupere a memória.

domingo, 15 de Junho de 2014

Passeio de domingo (199)


O dia foi quente mas desenganem-se: não coloquei o pé na praia. O passeio foi de sequeiro e pisando muito pasto.